Como gerenciar PDV para maior penetração no mercado


Ignorar o potencial de um PDV (ponto de venda) por conta do seu tamanho ou localidade é um erro que pode custar muito caro. Nos últimos anos, centenas de municípios do país, atraíram a atenção das montadoras de veículos, bancos e outros importantes setores da economia, dado o aumento do índice do potencial de consumo, em relação aos grandes centros. São cerca de 600 municípios brasileiros, considerados emergentes, 46% deles localizados nas regiões sul e sudeste.

As pequenas cidades também estão na mira das grandes redes de farmácias, que vem abrindo novas lojas, com menor custo operacional em cidades com população entre 50 a 350 mil habitantes, com olho numa importante fatia dominada pela farmácia independente, pequenas redes e o associativismo.

A farmácia de comunidade está presente no nosso dia-a-dia. Muitas delas se especializaram em determinados serviços, como atendimento a diabéticos, oferecem serviços assistenciais, mix completo, ótimas ofertas e criam um clima de maior intimidade com o cliente e que não deve ser desprezado. Um grande potencial para a indústria farmacêutica. Estudos comprovam uma relação direta entre o perfil socioeconômico da população ao tipo de farmácia utilizada. As classes B e C totalizaram um consumo de 78% dos gastos com medicamentos em 2015. Segundo dados da Febrafar – Federação Brasileira das Redes Associativistas de Farmácias, realizados neste mesmo período, mais da metade da população de média e baixa renda, prefere realizar suas compras nestes estabelecimentos.

Essa realidade, no entanto, traz desafios logísticos, operacionais e comerciais para a indústria, estimulando a construção de modelos inovadores e mais rentáveis para a exploração dessas oportunidades.

Porém, é necessário adotar modelos de relacionamento comercial que sejam eficientes. Com o uso de soluções inteligentes e novos modelos de execução. Existem excelentes alternativas de atuação nesta importante fatia, com baixo investimento e ótimo retorno.

 

Invista em diferentes modelos de relacionamento estruturados

Conheça alguns modelos construídos a partir de soluções integradoras e de alta performance para maior penetração de seus produtos:

Setores com potencial podem ser atendidos com alcance entre 800 a 1mil lojas

Grupos varejistas e centrais de compras podem receber ofertas gerenciadas a distância

Ações de execução em loja podem ser desenvolvidas pela metade do custo convencional

Campanhas de positivação com uso integrado de marketing digital

Modelos de relacionamento através de Sharing Economy

 

Esses serviços podem ajudar a setorizar canais com base no seu painel de vendas e no potencial de demanda de cada setor geográfico, roteirizar as visitas e viagens evitando gastos extras com rotas desconexas e ainda garantir a distribuição dos materiais promocionais e de merchandising para todo território nacional.

Aumente seu potencial de vendas atuando em todos os canais, segmentos e regiões onde suas marcas precisem estar presentes. Consulte um parceiro que seja especializado em desenvolver e executar novos modelos de negócios no mercado de saúde e bem-estar e veja qual a melhor forma de fortalecer a presença da sua marca em varejos específicos.

Voltar ao Blog

 

Sobre Nós

A InterPlayers desenvolve soluções de integração para o mercado de saúde e bem-estar, otimizando as operações da indústria, profissionais da saúde, distribuidores, hospitais, clínicas e pontos de venda, resultando na melhor geração de valor em todo ciclo de negócios desta cadeia.