Ações comerciais Non Retail integradas aos serviços ao paciente

Ações Comerciais Non Retail integradas aos Serviços ao Paciente

Pode parecer redundante falar de tecnologia para discutir os desafios do canal institucional farmacêutico, mas hoje lidamos com novas estratégias na indústria farmacêutica, onde o paciente está no centro das ações.

Dessa forma, é ainda mais importante que todos os processos, necessários para garantir uma boa jornada para o paciente, estejam integrados. Ou seja, indústria, operadores de saúde, clínicas, hospitais e pacientes, todos interligados de uma forma fácil e ágil.

Mas essa integração é um dos principais desafios para o canal institucional, especialmente quando estamos falando do canal non retail e da entrega de serviços ao paciente.

Serviços ao paciente e logística

Um programa de suporte ao paciente precisa ser bem estruturado, com um time especializado e treinado para executar o serviço com excelência e atender todas as necessidades da jornada do paciente. No entanto, não adianta ter um PSP estruturado se houver demora no processo de logística (solicitação, faturamento e distribuição).

Lembrando que estamos falando de um cenário em que os tratamentos frequentemente custam dezenas ou centenas de milhares de reais, comprados ou reembolsados pelos pagadores públicos (governo) ou privados (planos de saúde) e são, na sua maioria, medicamentos para oncologia, imunologia, doenças raras e uso hospitalar.

Todo o processo para solicitação, distribuição do medicamento para a aplicação em clínicas ou hospitais é complexo e, quando realizado manualmente, pode ser um verdadeiro empecilho para a garantia de qualidade e transparência na oferta da jornada para o paciente.

O processo passa por diversas etapas em que o medicamento prescrito deve constar da lista de padronização do serviço de saúde onde será utilizado, em seguida deve haver a aprovação da fonte pagadora (SUS ou plano de saúde) para, somente então, o medicamento ser liberado. No caso desse medicamento não ser coberto pelo sistema de saúde, pode ainda haver uma judicialização no meio de tudo isso.

Agora, imagine ter de fazer todo esse processo de forma manual? Como verificar, de forma ágil, o andamento da solicitação do medicamento?

Lembrando que, além desses medicamentos serem de alto custo, estamos lidando com pacientes que, muitas vezes, não podem ficar aguardando por dias para a liberação do seu medicamento.

Ter o parceiro certo é a melhor estratégia para solucionar esse desafio na sua empresa!

Como agilizar os processos dentro do canal non retail? 

Você dever estar se perguntando isso, afinal, conseguir agilizar esse processo não é uma tarefa fácil, mas é fundamental para as novas estratégias do mercado.

Ferramentas verdadeiramente integradas precisam apresentar soluções inovadoras para processos burocráticos. Não é porque um processo é complexo que ele precisa ser demorado, não é mesmo?

Não adianta o paciente ter sua solicitação aprovada e não ter um processo rápido, ágil e eficiente entre a operadora de saúde e as clínicas que vão fazer a aplicação do seu medicamento.

Apenas um hub de negócios especializado no mercado de saúde e bem-estar pode oferecer ferramentas que solucionam os principais desafios da sua empresa com todos os processos integrados.

Aqui, na InterPlayers, entendemos que, para melhorar o desempenho dos processos e a entrega de valor ao seu paciente, você precisa ter tudo conectado. Converse com um dos nossos especialistas e saiba mais sobre o que podemos oferecer para o seu negócio.

Sobre Nós

A InterPlayers desenvolve soluções de integração para o mercado de saúde e bem-estar, otimizando as operações da indústria, profissionais da saúde, distribuidores, hospitais, clínicas e pontos de venda, resultando na melhor geração de valor em todo ciclo de negócios desta cadeia.